Script de estatística do portal - depende da habilitação de javascript.

Ministério da Saude SUS Governo Federal

O Ministério da Saúde é o órgão do Poder Executivo Federal responsável pela organização e elaboração de planos e políticas públicas voltados para a promoção, prevenção e assistência à saúde dos brasileiros.

Bloco G - Esplanada dos Ministérios, Brasília - DF 70058-900 Telefone:(61) 3315-2425 | Disque 136 Ouvidoria Geral do SUS Horas: quinta-feira 08:00 – 18:00

Portal da Saúde

Data de Cadastro: 12/07/2017 as 11:07:26 alterado em 12/07/2017 as 12:07:30

A Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), participou, entre os dias 5 e 6 de julho da "Oficina de Prioridades de Pesquisa em Resistência aos Antimicrobianos". O tema que é prioridade para a saúde pública em razão do crescimento do número de bactérias resistentes, com comprometimento ou, até mesmo, impossibilidade de cura com os antibióticos existentes, está na agenda do Ministério da Saúde. O objetivo desta Oficina é definir prioridades de pesquisa relacionadas ao estudo de resistência aos antimicrobianos com uma abordagem em "Saúde Única".

Na reunião que contou com a presença do diretor do Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis (DEVIT), João Paulo Toledo, foram apresentadas as gravidades do problema. Há mais de 30 anos não é lançada uma nova classe de antibióticos, o que gerou, ao logo dos anos, uma resistência natural devido ao uso excessivo dessas drogas. Segundo Toledo, “existe um uma descrença popular quanto à resistência antimicrobiana, então as pessoas acabam negligenciando os riscos que o uso indiscriminado dos antibióticos podem causar”, afirma.

Estimativas apontam que até 2050, cerca de 10 milhões de pessoas possam morrer devido a este problema. É uma média de uma morte a cada três segundos. Isso pode gerar um custo de aproximadamente 100 trilhões de dólares para os serviços de saúde.

Reforçando a importância deste tema, o Brasil está elaborando o Plano de Ação Nacional para a Prevenção e Controle da Resistência aos Antimicrobianos organizado por meio de um diálogo integrado entre órgãos como Anvisa, Funasa e ministérios da Saúde, Agricultura, Ciência e Tecnologia, Cidades e Meio Ambiente. O Plano Nacional brasileiro que enfatiza a abordagem em “Saúde Única”,  reafirma as diretrizes do Plano de Ação Global sobre resistência antimicrobiana e a articulação entre a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como balizadores na discussão desse tema.

“Consideramos que a elaboração de Planos de Ação Nacionais, além de alertar para um problema global e de ordem pública, pode estabelecer o controle e a prevenção da resistência aos antimicrobianos, articular estratégias para o modelo de vigilância e criar ferramentas para comunicação e educação em saúde sobre AMR (Resistência aos Antimicrobianos)”, destacou Toledo.

Durante os dois dias de discussões o foco esteve voltado para definição de linhas prioritárias de pesquisa nessa área. Ao todo, foram definidas 12 linhas de pesquisas. Para próxima etapa, que terminará em 13 de julho, os especialistas, convidados e técnicos presentes na reunião, farão uma análise quanto às prioridades envolvendo a Dimensão “Saúde Pública” (levando em consideração aspectos tais como magnitude, causas/determinantes, evidência disponível, custo-efetividade/benefício de intervenções, investimento atual) e Dimensão “Institucional” (levando em consideração aspectos tais como alcance/abrangência populacional, transversalidade, governabilidade/autonomia), isso para cada uma das 12 linhas sugeridas.

Como resultado desta análise, ocorrerá a definição das linhas prioridades de pesquisas para os próximos editais que serão elaborados pelo Departamento de Ciência e Tecnologia, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos (DECIT/SCTIE) e parceiros de fomentos à pesquisa.

A oficina contou com a presença de pesquisadores, gestores, bem como representantes da SCTIE, da Secretaria de Atenção à Saúde, Secretária Executiva, e da SVS, todas do Ministério da Saúde, além de Órgãos vinculados, como Anvisa e os Ministérios da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA), Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Meio Ambiente (MMA).

Saúde baseada em evidências
Disque Saúde - Ouvidoria Geral do SUS
Ministério da Saúde - Governo Federal - Brasil