Script de estatística do portal - depende da habilitação de javascript.

Ministério da Saude SUS Governo Federal

O Ministério da Saúde é o órgão do Poder Executivo Federal responsável pela organização e elaboração de planos e políticas públicas voltados para a promoção, prevenção e assistência à saúde dos brasileiros.

Bloco G - Esplanada dos Ministérios, Brasília - DF 70058-900 Telefone:(61) 3315-2425 | Disque 136 Ouvidoria Geral do SUS Horas: quinta-feira 08:00 – 18:00

Portal da Saúde

Data de Cadastro: 21/12/2015 as 10:12:03 alterado em 30/12/2015 as 17:12:02

A Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), em colaboração com a Organização para a Alimentação e Agricultura (FAO) e com o apoio da Aliança Global para o Controle da Raiva (GARC), realizou, em Genebra, na Suíça, nos últimos dias 10 e 11 de dezembro, a Conferência Mundial para tratar da "Eliminação mundial da raiva humana transmitida por cães: a hora é agora!” A conferência reuniu representantes dos Ministérios de Saúde, de Agricultura, coordenadores nacionais dos programas de raiva dos países membros, especialistas em raiva e financiadores privados para os programas de raiva de mais de 70 países.

As estratégias do Ministério da Saúde do Brasil são favoráveis à eliminação dos casos de raiva humana transmitida por cão. “O modelo apresentrado recebeu manifestações de aprovação por todos os países presentes a Conferência”, destacou Eduardo Caldas, gerente da Unidade Técnica de Vigilância de Zoonoses da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, que representou o País no evento. 

A conferência teve como objetivo difundir os resultados que validam as estratégias para a eliminação da raiva transmitida por cães e explorar a sua expansão e sustentabilidade em outras áreas endêmicas, além de apoiar e implementar um quadro de investimentos para alcance da eliminação da doença com a ajuda dos diferentes pareciros, incluindo o setor privado a nível global e os países envolvidos. 

Com uma visão global do problema, o evento buscou também realizar uma visão prospectiva com base num objetivo comum: Eliminar a raiva humana transmitida por cães. Para isso, foi discutido um modelo baseado no conceito "Saúde Única (One Health)" entre os setores da saúde pública e da saúde animal.

O Brasil, que esteve presente no evento, mostrou as estratégias definidas pelo Programa Nacional de Controle da Raiva, da Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, com base na declaração de áreas livres da raiva humana transmitida pela espécie canina. Entre as estratégias foram apresentadas as ferramentas disponíveis no Brasil para apoiar a iniciativa para eliminação da raiva humana e redução dos casos de raiva canina, por meio dentro do painel “Governabilidade local/municipal: motivando comunidadades”. 

O Brasil reduziu significativamente o número dos casos de raiva humana transmitida por cães nas últimas décadas, com base no processo de descentralização das ações de vigilância e controle da raiva nos estados e municípios. Em 1996, foram notificados 1058 casos de raiva canina, um número que caiu para 15 casos em 2014. 

O Ministério da Saúde (MS) é responsável pela aquisição e distribuição, em todo o país, de forma gratuita, dos principais insumos estratégicos, como a vacina antirrábica humana (VAR), o soro heterólogo (SAR) e a imunoglobulina antirábica humana (IGR), utilizados na profilaxia antirrábica humana, como também as vacinas antirrábicas caninas (VARC) empregadas em campanhas de vacinação de cães.

Saúde baseada em evidências
Disque Saúde - Ouvidoria Geral do SUS
Ministério da Saúde - Governo Federal - Brasil