Script de estatística do portal - depende da habilitação de javascript.

Ministério da Saude SUS Governo Federal

O Ministério da Saúde é o órgão do Poder Executivo Federal responsável pela organização e elaboração de planos e políticas públicas voltados para a promoção, prevenção e assistência à saúde dos brasileiros.

Bloco G - Esplanada dos Ministérios, Brasília - DF 70058-900 Telefone:(61) 3315-2425 | Disque 136 Ouvidoria Geral do SUS Horas: quinta-feira 08:00 – 18:00

Portal da Saúde

Data de Cadastro: 09/01/2017 as 14:01:04 alterado em 09/01/2017 as 14:01:04

 

 

Baixar áudio

 

Tempo de áudio: 1’58”

 

REPÓRTER: Meninos de 12 e 13 anos já podem se vacinar contra o HPV pelo Sistema Único de Saúde em todo o Brasil. Em Tocantins, 30.587 meninos desta faixa etária e outros 343 jovens que vivem com HIV/aids podem receber a vacina. Só em 2017, 3 milhões e 600 mil meninos devem ser imunizados em todo o Brasil. A vacina contra o HPV era aplicada desde 2014, mas apenas em meninas. A coordenadora do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, Carla Domingues, conta como foi possível a extensão do público sem nenhum custo extra para o governo.

 

SONORA: Carla Domingues, coordenadora do Prog. Nacional de Imunização do MS.

“Com a mudança do esquema vacinal, que antes era de três doses e agora passou a ser duas doses, o Ministério da Saúde, ao invés de diminuir o quantitativo de vacinas a serem adquiridas, resolveu comprar o mesmo quantitativo. Agora é possível também vacinar os meninos sem aumento adicional de recursos do Ministério da Saúde”.

 

REPÓRTER: Assim como as meninas, os meninos devem tomar duas doses. A segunda é seis meses depois da primeira. Vacinados, eles vão estar imunes ao vírus, que pode causar neles câncer de pênis, ânus e garganta. Além de outras doenças mais comuns, como explica a coordenadora de Imunização do Ministério da Saúde, Carla Domingues.

 

SONORA: Carla Domingues, coordenadora do Prog. Nacional de Imunização do MS.

“Estaremos protegendo tanto meninas quanto meninos das verrugas genitais. Uma DST importante que causa grandes problemas de saúde à população e nós poderemos ter uma população, quando chegar na fase adulta, já livre dessas doenças”.

 

REPÓRTER: Com a vacinação dos meninos contra o HPV, o Brasil se torna o primeiro país da América do Sul e o sétimo do mundo a imunizar o público masculino. Até 2020, gradativamente, o Ministério da Saúde pretende estender a faixa-etária, vacinando meninos de 9 a 13 anos.

 

Reportagem, Erika Braz.

 

Saúde baseada em evidências
Disque Saúde - Ouvidoria Geral do SUS
Ministério da Saúde - Governo Federal - Brasil