Script de estatística do portal - depende da habilitação de javascript.

Ministério da Saude SUS Governo Federal

O Ministério da Saúde é o órgão do Poder Executivo Federal responsável pela organização e elaboração de planos e políticas públicas voltados para a promoção, prevenção e assistência à saúde dos brasileiros.

Bloco G - Esplanada dos Ministérios, Brasília - DF 70058-900 Telefone:(61) 3315-2425 | Disque 136 Ouvidoria Geral do SUS Horas: quinta-feira 08:00 – 18:00

Portal da Saúde

Data de Cadastro: 07/12/2016 as 19:12:46 alterado em 07/12/2016 as 19:12:46

 

 

Baixar áudio

 

Tempo de áudio: 1’35’’

 

REPÓRTER: O Ministério da Saúde investiu R$ 500 mil para desenvolver e implementar ações para o diagnóstico de raiva humana e de animal. O recurso será encaminhado à Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, que tem laboratório de referência nacional no diagnóstico dessas doenças pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Desde 1990, o Brasil tem reduzido, significativamente, o número de casos de raiva humana transmitidas por cães e gatos. A maioria dos casos recentes da doença ocorreram devido a agressões por animais silvestres, incluindo morcegos, ou por animais domésticos que tiveram contato com animais silvestres infectados. Por isso, é essencial que o SUS mantenha a qualificação para o diagnóstico de raiva animal, como explica o coordenador da Unidade Técnica da Vigilância Zoonoses do Ministério da Saúde, Eduardo Caldas.

 

SONORA: coordenador da unidade técnica da Vigilância de Zoonoses da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Eduardo Caldas.

“Há muito tempo o diagnóstico vem sendo qualificado. O que nós queremos e desejamos é manter esse diagnóstico, mas não só o diagnóstico, mas a tipificação do vírus, do agente e tudo mais. E em tendo essa condição, identificarmos quais são as origens, efetivamente, dos casos de raiva animal que têm importância e relevância para a saúde pública”.

 

REPÓRTER: A raiva é uma doença infecciosa causada por um vírus que acomete mamíferos, inclusive o homem, e é transmitida principalmente pela mordida de animais infectados. Atualmente, o Brasil está próximo da eliminação da doença causada por vírus canino. Neste ano, houve apenas dois casos registrados, um em Roraima e outro no Ceará.

 

Reportagem, Janary Damacena.

Saúde baseada em evidências
Disque Saúde - Ouvidoria Geral do SUS
Ministério da Saúde - Governo Federal - Brasil