Script de estatística do portal - depende da habilitação de javascript.

Ministério da Saude SUS Governo Federal

O Ministério da Saúde é o órgão do Poder Executivo Federal responsável pela organização e elaboração de planos e políticas públicas voltados para a promoção, prevenção e assistência à saúde dos brasileiros.

Bloco G - Esplanada dos Ministérios, Brasília - DF 70058-900 Telefone:(61) 3315-2425 | Disque 136 Ouvidoria Geral do SUS Horas: quinta-feira 08:00 – 18:00

Portal da Saúde

 

Cursos e Capacitações - Saúde da Pessoa Idosa

 

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA - UNASUS

Programa: O objetivo deste curso é desenvolver e capacitar os profissionais da saúde na assistência à saúde da Pessoa Idosa, contemplando os seguintes módulos:  

  • Introdução ao Curso

  • Políticas na atenção ao idoso

  • Promoção de saúde e prevenção no envelhecimento

  • Avaliação global da pessoa idosa na atenção básica

  • Patologias clínicas

  • Síndromes geriátricas

  • Suporte familiar e social ao idoso

  • Principais agravos agudos de saúde da pessoa idosa

  • Cuidados de longa duração violência e maus tratos

  • Fragilidade em idosos

  • Uso de medicamentos em idosos

  • A morte e o luto

  • Nutrição da pessoa idosa

  • Fonoaudiologia geriátrica

  • Atividade física na terceira idade

  • Terapia ocupacional (to) na saúde da pessoa idosa

  • Fisioterapia na saúde da pessoa idosa

  • A psicologia na assistência da pessoa idosa

  • Atenção multidisciplinar à saúde da pessoa idosa

  • Assistência farmacêutica

  • Odontogeriatria

Requisitos: O curso possui uma abordagem multiprofissional, abrangendo médicos, enfermeiros, assistentes sociais, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, odontólogos, farmacêuticos, educador físico, musicoterapeuta, gestores entre outros. A certificação será expedida pela UERJ e pela UFMA.

Cronograma: O curso será ofertado na modalidade ensino a distância (EAD) com duração de 14 meses e carga horária total de 420 horas.

 

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO PARA GESTORES (EAD) - FIOCRUZ

Programa: A organização curricular do Curso de Gestão compreende os temas a seguir:

  • Política Pública, Proteção Social, Saúde e Envelhecimento;
  • Gestão em Saúde;
  • Gestão de saúde para população idosa I e II.

Requisitos: O público alvo do curso são os profissionais da Rede SUS

Cronograma: O início do Curso de Gestão em Saúde e Envelhecimento está previsto para o 2° semestre e terá duração de 380 horas.

 

2ª EDIÇÃO DO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM ENVELHECIMENTO E SAÚDE DA PESSOA IDOSA

Programa: A organização curricular engloba os módulos a seguir:

  • Envelhecimento, velhice, sociedade e políticas;
  • Demografia e Epidemiologia do envelhecimento;
  • Atenção a Saúde da população idosa;
  • População Social e Envelhecimento.

Requisitos: O público alvo são os profissionais de SUS de nível superior que atuam na rede básica de assistência à saúde envolvidos e/ou com ênfase em Equipes de Saúde da Família.

Cronograma: A segunda etapa do Curso de Aperfeiçoamento em Saúde da Pessoa Idosa está prevista para começar no 2°semeste de 2014. Terá duração de 180 horas, aproximadamente 8 meses.

 

OFICINAS DE PREVENÇÃO DE VIOLÊNCIA, QUEDAS E OSTEOPOROSE

A violência contra a pessoa idosa apresenta significados distintos, dependendo da situação observada, pois existem diferentes percepções sociais, culturais e étnicas. Dessa forma, são muitos os termos utilizados para definir o que é a violência – maus-tratos, abuso físico, negligência, omissão, abandono, dentre outros. Profissionais de saúde têm um papel importante na luta contra violências a pessoas idosas. A temática da prevenção da violência em pessoas idosas aborda questões como: Os tipos de violência, suas formas de prevenção, notificação, fluxo de atendimento e cuidados.

A reformulação do artigo 19 da Lei 10.741, ressaltou a obrigatoriedade da notificação dos profissionais de saúde, de instituições públicas ou privadas, às autoridades sanitárias quando constatarem casos de suspeita ou confirmação de violência a idosos.

Diante da relevância dessas duas temáticas abordadas acima, o Ministério da Saúde, por meio da Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa COSAPI/DAET/SAS/MS, vem realizando em parceria com a Coordenação Geral de Doenças e Agravos não Transmissíveis CGDANT, Estados e Municípios, Oficinas de Prevenção de Violência e Quedas em Pessoas Idosas.

O objetivo dessas oficinas é reduzir o número de quedas, bem como a incidência de violência na população idosa brasileira, por meio da capacitação dos profissionais de saúde e outras áreas, acerca da temática em questão com vistas à sensibilização dos mesmos para a realização de ações que possam abordar a prevenção.

No ano de 2013 foram realizadas 11 Oficinas de Prevenção de Violência e Quedas, que aconteceram nos estados do Rio de Janeiro, Mato Grosso, Roraima, Maranhão, Tocantins, Goiás e Distrito Federal, e nos municípios de Goiânia, Itajaí e Porto Alegre, em que foram capacitados 981 profissionais.

Em 2014, serão realizadas novas Oficinas, com o intuito de abordar novamente a prevenção da Violência e Quedas em Pessoas Idosas.

 

 

Saúde baseada em evidências
Disque Saúde - Ouvidoria Geral do SUS
Ministério da Saúde - Governo Federal - Brasil