Script de estatística do portal - depende da habilitação de javascript.

Ministério da Saude SUS Governo Federal

O Ministério da Saúde é o órgão do Poder Executivo Federal responsável pela organização e elaboração de planos e políticas públicas voltados para a promoção, prevenção e assistência à saúde dos brasileiros.

Bloco G - Esplanada dos Ministérios, Brasília - DF 70058-900 Telefone:(61) 3315-2425 | Disque 136 Ouvidoria Geral do SUS Horas: quinta-feira 08:00 – 18:00

Portal da Saúde

 

A carência de profissionais nos serviços de saúde capacitados para atender urgências e emergências pediátricas levou o Ministério da Saúde a firmar convênio com o Hospital Albert Einstein, de São Paulo, para capacitar 800 profissionais de saúde por ano, em todas as regiões do país, totalizando 2.400 profissionais até 2014. Iniciado em 2012, o curso já capacitou 80 pessoas em São Paulo, abrangendo as regiões Sul e Sudeste; Brasília (DF) com a capacitação de mais 80 pessoas; Manaus (AM) e Recife (PE).

As emergências pediátricas são caracterizadas pelo risco iminente de morte da criança, enquanto as urgências são aqueles problemas que se não forem tratados com rapidez e eficácia, podem evoluir para uma emergência. As principais causas que levam a criança aos serviços de urgência e emergência são os problemas respiratórios como asma, bronquite e pneumonia, seguidos de traumas causados por acidentes domésticos e de trânsito.

Os três anos de capacitações contam com investimento de R$ 4,5 milhões do Programa de Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS).

Quem pode fazer a capacitação?

A capacitação é destinada aos profissionais que atendem urgências e emergências pediátricas nos Serviços de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e Prontos Socorros. Apesar de aberto aos profissionais que tenham interesse em participar, o Ministério da Saúde realiza antes um levantamento junto às Secretarias Estaduais de Saúde para identificar as regiões mais carentes de educação continuada em urgência e emergência pediátrica.

Metodologia

Como metodologia, o curso utiliza desde robôs de última geração até cenários com atores que interpretam os mais variados personagens que envolvem a vida da criança, trazendo aos profissionais situações reais do dia a dia dos serviços.
No treinamento são abordados até casos para identificação de sinais de violência, com orientações sobre como fazer o atendimento e a notificação. Para isso, utilizam como base a Linha de Cuidado para a Atenção Integral à Saúde de Crianças, Adolescentes e suas Famílias em Situação de Violências, metodologia desenvolvida pela Coordenação Geral de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde. O método permite ao profissional identificar, nas pequenas sutilezas, sinais que indiquem que a criança pode viver em uma situação de violência. 

Saúde baseada em evidências
Disque Saúde - Ouvidoria Geral do SUS
Ministério da Saúde - Governo Federal - Brasil