Script de estatística do portal - depende da habilitação de javascript.

Ministério da Saude SUS Governo Federal

O Ministério da Saúde é o órgão do Poder Executivo Federal responsável pela organização e elaboração de planos e políticas públicas voltados para a promoção, prevenção e assistência à saúde dos brasileiros.

Bloco G - Esplanada dos Ministérios, Brasília - DF 70058-900 Telefone:(61) 3315-2425 | Disque 136 Ouvidoria Geral do SUS Horas: quinta-feira 08:00 – 18:00

Portal da Saúde

Data de Cadastro: 19/05/2017 as 15:05:33 alterado em 19/05/2017 as 15:05:33

Into, que é referência em procedimentos de alta e média complexidade em ortopedia e traumatologia pelo SUS, estima realizar 10 mil cirurgias este ano

Em uma ação conjunta com o Grupamento Tático Móvel (GTM), do Rio de Janeiro, o HemoInto começou a receber nesta sexta-feira (19) doações de sangue de guardas municipais. Nesta manhã, 11 doadores do GTM participaram da doação conjunta, que beneficia diretamente o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into), na zona Norte do Rio. 

Atualmente, o Into é responsável por 72,3% das cirurgias de traumato-ortopedia de alta e média complexidade realizadas na capital e por 54,4% das cirurgias desse tipo ocorridas no estado do Rio de Janeiro. Em parte dos procedimentos, especialmente os de coluna e quadril, são necessárias transfusões.

O banco de sangue do Into, o HemoInto, está aberto de segundas a sextas-feiras para receber doações de toda a população. Para a coordenadora do Hemointo, a médica Fernanda Azevedo, a colaboração dos guardas municipais é essencial para a manutenção do serviço pelo instituto.

“A atitude altruísta dos guardas municipais é louvável. Estamos sempre precisando de doações para manter o estoque adequado. Pedimos a colaboração de todos, pois estamos operando no limite. O Into é referência em cirurgias e as doações periódicas são essenciais para a realização das cirurgias dos nossos pacientes”, destaca ela.

Um dos doadores, o guarda municipal Marcelo Pinangé, com tipo sanguíneo O negativo, que pode ser recebido em transfusão por qualquer pessoa, ressaltou a importância de doar com frequência: “Já sou doador de sangue e plaquetas no Instituto Nacional de Câncer José Alencar (Inca) e doo pelo menos três vezes por ano. Mais do que uma questão de solidariedade, a doação é um gesto de humanidade para aquele que precisa. Como tenho sangue O negativo, que é um tipo raro, sei o quanto os bancos de sangue precisam no estoque”. 

Desde a mudança para o prédio atual e a readequação da capacidade do instituto, o número de cirurgias anuais aumentou 62%. Em 2011, haviam sido 5.662 cirurgias. No ano passado, foram 9.159. A previsão é de chegar a 10 mil cirurgias de alta e média complexidade em 2017. As especialidades cirúrgicas que mais tiveram aumento de cirurgias foram coluna (de 133%) e de quadril (de 98%), justamente algumas das que mais necessitam estoque de sangue.

SERVIÇO – As doações para o HemoInto são realizadas no prédio do Into, na Avenida Brasil,  500, bairro São Cristovão, no Rio de Janeiro. De segunda a quinta-feira, ocorrem das 8h às 15h. Na sexta-feira, das 8h às 12h.

 

Por Agência Saúde, com informações do Grupamento Tático Móvel
Atendimento à imprensa
(21) 3985-7475 / 7444

Saúde baseada em evidências
Disque Saúde - Ouvidoria Geral do SUS
Ministério da Saúde - Governo Federal - Brasil