Infância e adolescência

Infância e adolescência

Após os primeiros 24 meses, a criança já está apta a consumir todos os tipos de alimentos e precisa ser permanentemente estimulada a adquirir hábitos saudáveis, que trarão benefícios para a vida toda. Ao longo da infância e da adolescência, a alimentação será um fator decisivo para o desenvolvimento dos jovens e, por mais independentes que eles sejam, os pais e responsáveis deverão estar sempre atentos. Afinal, uma alimentação saudável pode, também, prevenir diversos riscos e doenças, entre eles a anemia e a obesidade, por exemplo.

De maneira geral, os mesmos cuidados com a alimentação de crianças e adolescentes valerão para a fase adulta. Estas são, portanto, dicas para a família toda.

Nossas crianças e adolescentes estão acima do peso

Uma análise realizada entre 2008 e 2009 com crianças e adolescentes de 5 a 19 anos (POF/IBGE, 2008-2009), indicou o aumento do excesso de peso como um fator preocupante, que merece nossa atenção.

Dicas para prevenir excesso de peso

1

Acostume a criança ou adolescente a consumir frutas ao longo do dia. Deixe as frutas em fácil acesso para facilitar o consumo.

2

Evite a realização de refeições na frente da TV e procure limitar a duas horas por dia o tempo diante das telas (TV, tablete, celular)

3

Diminua o consumo de açúcar nos alimentos. Nos sucos de frutas, exemplo, habitue as crianças e adolescentes a eliminar o uso desse ingrediente

4

Promova o hábito de saciar a sede com água e não com refrigerantes ou sucos industrializados, bebidas que têm açúcar em grandes quantidades.

5

Evite o consumo de alimentos industrializados, que geralmente possuem grandes quantidades de gordura, açúcar e sódio, como refrigerantes, salgadinhos de pacote, doces e guloseimas, macarrão instantâneo, biscoito recheado, sorvete, pratos congelados prontos para o consumo, salsicha e embutidos, dentre outros

Dicas para prevenir a anemia:

A Anemia ocorre quando o número de hemácias, o teor de hemoglobina e o volume de glóbulos vermelhos do sangue se encontram abaixo do normal, provocando fraqueza e abatimento. Veja como usar a alimentação para prevenir essa doença:

1

Embora contenham ferro, alimentos como a beterraba, o feijão, verduras verdes e ovos só são boas fontes desse nutriente se forem consumidos com alimentos ricos em vitamina C. Isso porque a vitamina C ajuda o seu organismo a absorver melhor o ferro. Experimente, por exemplo, colocar algumas gotas de limão no feijão ou na salada.

2

Procure estimular o consumo de miúdos ou vísceras (especialmente fígado) no mínimo uma vez na semana. Essa prática é simples, barata e fornece grandes quantidades de ferro.

3

Garanta duas refeições de sal (Comida de panela/ almoço e jantar) ao dia. Se a criança não quiser a refeição, essa não deve ser substituída por lanches ou bebidas lácteas (à base de leite), como iogurtes. Experimente oferecer a mesma refeição de sal mais tarde